Rui Costa diz que nº de infectados de outros estados aumentou mais de 300% na BA e critica ANTT: ‘Não controla absolutamente nada’

Governador diz que número de casos de pessoas que chegam contaminadas ao estado cresceu “339% nos últimos cinco dias” e afirma que Agência não controla a chegada de ônibus clandestinos.

O governador da Bahia, Rui Costa, informou, nesta segunda-feira (22), que houve aumento no número de casos de pessoas que chegaram ao estado contaminadas pela Covid-19. Segundo Rui Costa, os passageiros chegam à Bahia com a doença através de ônibus interestaduais, alguns clandestinos, o que atrapalha o combate à disseminação do vírus.

“Quero chamar atenção aqui desta linha [do gráfico] relativa a ‘outros estados’, que são as pessoas que chegam contaminadas de outros estados. Número absurdo de crescimento, 339% nos últimos cinco dias. Infelizmente, o que está realimentando a doença na Bahia são as pessoas que estão chegando de outros estados por ônibus interestaduais”, disse Rui Costa em live realizada.

Rui Costa criticou a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que, segundo ele, não faz o controle da chegada de ônibus clandestinos no estado. No dia 10 deste mês, um ônibus clandestino que saiu de São Paulo desembarcou com nove pessoas infectadas por Covid-19 no município de Nova Soure.

“Nós conseguiríamos controlar mais, se não fosse pela ANTT, a Agência Nacional de Transportes Terrestres, que não controla absolutamente nada. Portanto, não controla a chegada de ônibus clandestinos, não favorece a emissão de liminares… A grande maioria dos ônibus… Eu tenho relato de prefeitos, que testam as pessoas que chegam e elas chegam positivas. Isso traz novas contaminações em cada município. Se estivéssemos conseguindo controlar a entrada e saída desses ônibus de outros estados, estaríamos em situação melhor na Bahia do que chegamos até agora”, afirma o governador da Bahia.

O G1 solicitou posicionamento sobre a afirmação do governador à Agência Nacional de Transportes Terrestres, que ficou de dar um retorno.

Fonte: G1 BA

Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter