Editorial Política em Simões Filho: Santos do Pau Oco

“Conviver com pessoas dissimuladas é como estar entre canibais, basta a fome apertar que você será devorado”, Sebastião Wanderley.

Santa do pau oco, expressão que se refere à pessoa que se faz de boazinha, mas não é. Nos séculos XVIII e XIX os contrabandistas de ouro em pó, moedas e pedras preciosas utilizavam estátuas de santos ocas por dentro. O santo era “recheado” com preciosidades e enviado para Portugal.

Alguns têm assemelhado a expressão, pelo fato da prefeitura Municipal de Simões Filho ter se tornado sustento para forasteiros. Diversas denúncias já foram expostas, inclusive por ex aliados políticos de Diógenes Tolentino, cargos criados no intuito de beneficiar políticos e empresários.

Recentemente, retornaram oficialmente ao grupo do alto escalão, dois nomes. Um deles empresário da cidade a frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, propagou em 16 de outubro de 2017, nos sites patrocinados pela prefeitura, 21 novas empresas que iriam gerar mais de 5 mil empregos.

Infelizmente às ruas cheias de ambulantes e trabalhadores informais, comprovam a mazela do desemprego, além de grandes empresas que fecharam as portas, como; Xerox, Alcan, Taurus Helmets. Contudo, no ano de 2019 anunciou seu o afastamento da gestão, consequentemente levando a sociedade a entender que também foi do grupo político de Diógenes Tolentino, com evidências da insatisfação pessoal e frustração com o gestor, logo avaliando a gestão como mediana.

Atualmente de forma capciosa, a gestão anunciou um projeto aparentemente repaginado, com outro nome à frente da pasta. O interessante deste contexto astuto, não somente o fato do novo secretário ser rotulado como forasteiro, mas, de ter estado liderando outra secretaria campeã de queixas da época pelos vereadores, por não atender pedidos dos nobres.

O mesmo deixou o cargo em 2018 para dedicação integral da campanha da primeira dama, mas, não antes de conceder entrevista em 15 de janeiro, onde informou sobre o projeto pronto em maquete, apresentado em 2017 para a população no aniversário da cidade, de construção da rodoviária.

Agora Jackson Alan Souza Lima, retornando a Prefeitura Municipal de Simões Filho em março de 2020, na certeza da memória curta do cidadão assumi outra secretaria, a de Desenvolvimento Econômico. Alan Lima foi indicado pelo antigo secretário, o empresário Nilton Novaes.

O anúncio de projeto e nomeação, retorno de alianças na época de eleição, não aparenta somente um déjà vu uma, simples reação psicólogica de transmissão de ideia que já viu antes. Todavia uma certeza de confiar na amnésia da população.

Enfim, os Santos do pau oco podem ser devidamente expressados para àqueles que apostam em burlar a memória do cidadão, escondendo a real intenção de ter sucesso explorando suas riquezas e logo exportar para outras cidades.

Por: Neila Santos/colunista do Tabuleiro Baiano

Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter